Estadia, Contato, Localização

Contato

Caso tenha alguma dúvida, mensagem ou comentário, escreva-nos por e-mail mosteiro@sociedadebudistadobrasil.org.

Como Chegar

Estamos localizados ao Sul de Minas Gerais, cidade de São Lourenço. Por estarmos na zona rural não há serviço de correio, portanto não há como nos enviar correspondência.

Automóvel

Para chegar de automóvel, o mais fácil é seguir as instruções do Google Maps. Neste link você encontra a localização do mosteiro, clique em “Rotas” e escolha o caminho que preferir. Caso prefira usar o Waze, clique aqui.

Para quem já conhece São Lourenço: siga pela estrada em frente ao Hotel Vista Alegre, sentido Conquista, por 2 quilômetros até chegar na placa “Mosteiro”, entre e vá até o fim da estrada.

Ônibus

Há ônibus direto para São Lourenço a partir de quatro capitais: São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Brasília. A viagem a partir de São Paulo e Rio levam cerca de cinco horas, a partir de Belo Horizonte leva 6 ou 7 horas dependendo do horário, e a viagem a partir de Brasília leva 17 horas. É possível comprar as passagens online em sites como rodoviariaonline.com.brwww.temonibus.com.

Chegando na rodoviária, você possui três opções para chegar ao mosteiro:

  1. Táxi: logo na rodoviária há um ponto de táxi. É muito recomendável você negociar o preço da viagem antes de partir. Cerca de R$ 50,00 é suficiente. Por favor evite pagar mais pois assim o preço fica maior também para aqueles que venham no futuro. Se não quiser ter surpresas, neste link há várias opções de taxistas e pontos de táxi, entre em contato com um, acorde o preço e horário de chegada para ele ir te buscar na rodoviária.
  2. Há um taxista chamado Francisco que se dispõe a buscar pessoas por um preço mais barato. O tel/whatsapp dele é 35 9862-0148.
  3. Moto Táxi: há vários disponíveis, caso queira já agendar um pode tentar um desses números: 35 98707 3859, 35 98872 3584, 35 98892 9247.
  4. Ônibus circular: Existe uma linha de ônibus chamada “Ramon – Rodoviária” que chega relativamente próximo ao mosteiro. Pergunte na rodoviária onde é o ponto final da linha, pegue o ônibus e desça no ponto final, no bairro “Ramon”. De lá vá caminhando até o mosteiro (cerca de 40 minutos de caminhada). Para ver o caminho a percorrer após descer do ônibus, clique neste link.

Avião

Toda segunda e sexta há voos de Belo Horizonte a Varginha. Essa opção não vale à pena para moradores de Rio e São Paulo pois o tempo final de viagem acaba ficando igual a vir de carro ou ônibus, mas pode ser interessante para pessoas que moram mais longe. É necessário descer em Varginha e pegar um taxi até São Lourenço. Outra opção é o serviço do Uber que já funciona em Varginha. O tempo de viagem Varginha/São Lourenço é 1 hora e 50 minutos.

Hospedagem

Um dos propósitos para a existência do mosteiro é dar a possibilidade aos praticantes leigos de realizarem retiros pessoais individuais; mas, uma vez que as obras de construção do mosteiro não estão encerradas, o ambiente ainda não é propício para retiros silenciosos – há muito barulho de máquinas e trabalhadores durante o dia. Portanto, atualmente estamos aceitando somente hospedar voluntários, isto é, pessoas que queiram passar uns dias conosco, praticando meditação, mas também ajudando com tarefas manuais. As regras de estadia para este estágio inicial serão as seguintes:

Preceitos

  • As pessoas se hospedando no mosteiro deverão seguir oito preceitos. Para saber mais a respeito, visite esse link: https://noqueosbuddhistasacreditam.wordpress.com/2008/12/01/oito-preceitos/
  • Como há um preceito proibindo entretenimento, não é permitido usar o celular para nada durante sua estadia: não pode ver notícias, não pode ler livros que não sejam sobre Budismo Theravada, não pode ouvir música, não pode ligar nem trocar mensagem com amigos. Se você não se acha capaz de resistir ao vício do celular, peça ao monge que guarde o seu durante sua estadia.

  • Não é permitido sair do mosteiro para ir passear ou qualquer outra coisa (exceção feita aos que forem almoçar perto do mosteiro). Não é permitido usar o mosteiro como albergue para ir fazer turismo. Caso surja uma situação de emergência, peça permissão ao monge antes de sair.

Refeições

  • Um dos preceitos é se alimentar somente no período da manhã, portanto só é permitido fazer duas refeições: café da manhã e almoço. Não é permitido comer à tarde ou à noite.

  • Por enquanto, o mosteiro não oferece refeição aos hóspedes. Também ainda não temos uma cozinha propriamente dita, mas na oficina do mosteiro há geladeira, fogão e micro-ondas disponíveis, onde é possível improvisar um café da manhã ou mesmo uma refeição simples caso necessário.

  • Sugerimos aos hóspedes que comprem itens para seu café da manhã com antecedência, suficientes para o período de sua estadia. Você poderá guardá-los na geladeira do mosteiro e usar o fogão para preparar o que for necessário.

  • Com relação ao almoço, sugerimos comprar num dos diferentes restaurantes de São Lourenço que oferecem serviço de entrega. No mosteiro há dispnível uma lista de telefones de restaurantes.

Estadia

  • Não cobramos nada por estadia. Aqueles que quiserem colaborar com doações financeiras podem fazê-lo se assim desejarem.

  • Traga seus próprios itens de higiene pessoal. Se for ficar por muitos dias, traga também sabão em pó para lavar suas roupas. Há roupa de cama e banho disponível e cada hóspede recebe dois cobertores, mas caso você costume sentir muito frio, traga um ou dois a mais.

  • Você só está autorizado a permanecer durante o período previamente combinado. Não é permitido ficar mais tempo sem antes receber permissão.

  • O abade se reserva o direito de pedir que você vá embora a qualquer momento que julgar apropriado. Isso em geral ocorre quando a pessoa não se comporta de maneira apropriada ou cria desconforto para os demais hóspedes, mas por vezes pode ser por falta de espaço ou outros imprevistos. Caso lhe seja pedido para ir embora, não discuta, apenas pegue suas coisas e vá. Lembre-se que você não está pagando nada por sua estadia, sua presença só é possível graças à nossa permissão, se esta foi revogada, seu direito de estar conosco não existe mais.

  • As pessoas que vêm até aqui devem vir para ajudar com trabalho e desenvolver o estudo e prática do Budismo Theravada. Não é permitido não trabalhar. Não é permitido realizar outras práticas espirituais que não as dessa linhagem budista. Por favor não insista.

  • Não damos ajuda de custo a ninguém. Só venha se tiver certeza que conseguirá arcar com suas despesas de alimentação e transporte. Por favor não se faça um fardo para nós.

Rotina Diária

  • 5:30 às 6:45 – Pūjā e meditação

  • 6:45 às 7:45 – Café da manhã

  • 8:00 às 11:00 – Trabalho

  • 11:30 às 13:00 – Almoço

  • 13:30 às 20:00 – Tempo livre para prática individual

  • 20:15 às 21:30 – Pūjā e meditação

É esperado que as pessoas que queiram se hospedar já tenham experiência com meditação e familiaridade com o Budismo Theravada. Caso queira ver mais detalhes das regras de estadia, clique neste link.

Caso em que não recomendamos se hospedar no mosteiro

Muitas pessoas sofrem de distúrbios psiquiátricos e têm uma vontade muito grande de se livrar de seus problemas, algumas acham que se forem para o mosteiro praticar meditação, tudo vai desaparecer como mágica e sua vida em fim voltará ao normal. Infelizmente não é verdade, muito pelo contrário, sem as distrações do dia a dia é possível que seu distúrbio se manifeste de maneira ainda mais intensa e acabe por sair do controle. Não venha caso esteja sob tratamento psiquiátrico sem antes consultar seu médico, principalmente caso esteja tendo pensamentos recorrentes de suicídio. Se possível, inclusive mostre para seu psiquiatra essa página de internet para que ele possa ter uma ideia mais clara do que você está planejando.

Às pessoas que sofrem de depressão, distúrbios bipolar, ansiedade, etc, o que recomendamos é primeiro procurar um médico qualificado para lhe servir de guia na batalha contra essas doenças. Se você não quer ficar dependente de medicamentos químicos, procure um médico que abrace a premissa de tentar ajudar seus pacientes a se tornarem o máximo possível autossuficientes, só recorrendo aos medicamentos em casos de emergência e por períodos curtos. Procure um médico que utiliza a prática de meditação como parte do tratamento, e quando ele for da opinião de que você já está estável e forte o suficiente para passar um período de reclusão e introspecção, então sim venha passar um período no mosteiro.

Inscrição

Se for sua primeira estadia conosco, o período máximo de permanência será cinco dias. Conforme julgarmos apropriado, poderemos aumentar esse período de tempo para estadias futuras. Para se inscrever, preencha os dados no formulário abaixo. Caso queira esclarecer dúvidas antes de se inscrever, mande um email para estadia@sociedadebudistadobrasil.org

 

Hospedagem próximo ao mosteiro

Para aqueles que não quiserem se hospedar dentro do mosteiro, existe uma pessoas chamada Beto aqui perto que tem uma casa disponível e aluga quartos ou a casa inteira. A casa possui três quarto e é bem moderna e agradável, fica a 20 minutos de caminhada até o mosteiro. Ele responde através de mensagens do Whatsapp ou telefone 35 9105-2598 e fone fixo 35 98803-0121. Também há várias opções de hospedagem mais ou menos perto do mosteiro, como o Hotel Vista Alegre, a pousado Le Sape, etc. Basta buscar no Google vocês encontrarão várias opções.

  • Compartilhe

Esteja sempre atualizado!

Inscreva-se para receber um email sempre que houver uma nova publicação no nosso site.