Quem Somos

Mosteiro Suddhavāri é um mosteiro budista da tradição Theravada que está sendo construído na cidade de São Lourenço, ao sul de Minas Gerais. Nossos monges fazem parte da Sangha de Wat Pah Pong, o monastério do famoso mestre tailandês, Ajahn Chah.

Mais do que criar um centro de divulgação do Dhamma, nosso projeto é estabelecer um local de prática voltado àqueles que queiram aprofundar sua prática ainda mais através de convívio em comunidade, silêncio, renúncia e meditação. Queremos atender tanto a praticantes leigos como monásticos.

Aos monásticos, inicialmente ofereceremos um local de prática pessoal e uma plataforma para ajudá-los em seus demais trabalhos, quer seja composição de livros, traduções, organização de cursos, palestras, etc. Mais à frente, quando houver uma comunidade estável de pelo menos quatro monges residindo no mosteiro, buscaremos a bênção da sangha de monges sêniores para começarmos a receber e treinar novos candidatos à ordenação monástica. Com relação às mulheres, devido aos muitos desafios envolvidos, atualmente não temos planos de criação de uma comunidade monástica feminina.

Aos leigos de ambos os sexos, haverá benefícios em vários níveis:

  • Àqueles que queiram apenas aprender mais sobre o Dhamma e sobre a prática de meditação, haverá atividades regulares e oportunidade de conversar com os monges para pedir esclarecimentos e orientação.
  • Àqueles que queiram aprofundar mais sua prática pessoal, haverá a possibilidade de passar um período de tempo residindo no mosteiro e seguindo a rotina monástica de silêncio, trabalho, reclusão e meditação.
  • Àqueles que queiram não só aprofundar sua prática formal de meditação mas também desenvolver suas qualidades de caráter e vivência de vida, haverá a possibilidade de residir no mosteiro por longos períodos na qualidade de voluntários, seguindo uma rotina monástica e também ajudando no funcionamento diário do mosteiro em tarefas como reflorestamento e jardinagem, cozinha, escritório, manutenção, etc.

Todas as atividades do mosteiro serão oferecidas gratuitamente, inclusive hospedagem. Pretendemos subsistir apenas através da doação voluntária daqueles que enxergam o benefício de nossa existência para si e para os demais.

Ajahn Chah

Ajahn Chah é um dos mais importantes mestres do budismo contemporâneo. Discípulo de Ajahn Man, ele foi capaz de expor os ensinamentos de forma simples e direta. Apesar de não ter quase nenhuma formação escolar, sua perspicácia e sabedoria atraiu uma enorme quantidade de discípulos, dentro e fora da Tailândia. Junto com seu discípulo estrangeiro mais importante, Ajahn Sumedho, foi crucial para o estabelecimento de inúmeros mosteiros por todo o mundo, onde é possível observar uma real transferência do Buddha Sāsanā ao ocidente, com mestres ocidentais profundamente qualificados e comunidades monásticas plenamente funcionais. Uma biografia e ensinamentos dele podem ser encontrados neste link http://dhammadafloresta.org/tag/ajahn-chah/.

Ajahn Sumedho

Ajahn Sumedho foi o primeiro ocidental a tornar-se discípulo de Ajahn Chah e foi um fator importante que tornou possível o grupo de ocidentais que mais tarde se reuniu ao redor de Ajahn Chah. Tendo sido enviado pelo mestre ao ocidente com a tarefa de divulgar o Dhamma e estabelecer centros de treinamento monástico, foi a peça principal na criação de mais de uma dezena de mosteiros por todo o mundo. O nosso mosteiro brasileiro também veio a ser, em parte, graças à sua influência: o projeto começou a tomar forma concreta logo após sua visita ao Brasil em Janeiro de 2016. Clique aqui para ouvir alguns de seus ensinamentos.

Ajahn Liem

Um ano após a visita de Ajahn Sumedho, tivemos a visita de Ajahn Liem – outra figura muito importante dentro de Wat Pah Pong, sendo ele a pessoa que Ajahn Chah pessoalmente escolheu para sucedê-lo na liderança da sangha. Esteve conosco no começo de 2017, visitou o local em São Lourenço onde hoje estamos construindo o mosteiro e foi graças a nos ter dado sua bênção e encorajamento para que decidimos tornar o projeto realidade. Na ocasião Ajahn Liem determinou que seu discípulo brasileiro, Ajahn Mudito, permanecesse no país de liderasse o projeto de criação do mosteiro. Uma biografia e ensinamentos dele podem ser encontrados neste link: http://dhammadafloresta.org/tag/ajahn-liem/

Ajahn Mudito

Ajahn Mudito começou a vida monástica em 2002, aos 25 anos de idade. Foi ordenado em Wat Nong Pah Pong tendo como preceptor Luang Pó Liem. Morou em Wat Pah Nanachat, passou seis meses com Ajahn Jandee e então estabeleceu-se como discípulo de Luang Pó Piak em Wat Pah Cittabhavana. Traduziu ensinamentos de diversos mestres da Tradição da Floresta para a língua portuguesa, compilou a primeira biografia de Ajahn Chah em língua ocidental e atualmente está liderando o projeto de estabelecimento do Mosteiro Suddhavāri no Brasil. Seus ensinamentos estão disponíveis no site da Sociedade Budista do Brasil https://www.sociedadebudistadobrasil.org/category/ensinamentos/.

A Sociedade Budista do Brasil é a entidade por trás de todo o projeto do Mosteiro Suddhavāri. Visite nossa página e saiba mais sobre quem somos, nossa história e nossas atividades.

Galeria de Fotos

  • Compartilhe

Esteja sempre atualizado!

Inscreva-se para receber um email sempre que houver uma nova publicação no nosso site.